Como anunciar no Instagram, a rede social que mais cresce!

Sem dúvidas os anúncios em redes sociais trazem cada vez mais visibilidades a sites e produtos. Podemos criar diversos anúncios no Twitter, Facebook, Linkedin e outras redes. Recentemente chegou a vez do Instagram e claro que você não vai querer ficar de fora de criar um anúncio por lá. Quer 2 motivos para você começar a anunciar no Instragram hoje mesmo?

Vamos lá!!

– Os anúncios são feitos através do Facebook. Com isso a segmentação do seu anúncio fica muito melhor, já que a ferramenta responsável por eles utiliza os dados do Facebook.

– De acordo com o site GlobalWebIndex, o Instragram possui atualmente uma média de 300 milhões de usuários ativos e o Brasil ocupa o terceiro lugar nesse ranking e o famoso Insta é a rede social que mais cresce, chegando a um crescimento de 23% por ano, sendo mais que o dobro em comparação a outras redes.

O processo para anunciar no Instagram não é difícil, mas cá entre nós é um pouco chatinho.

Lembrando que você precisa ter uma conta de anúncio no facebook, acesse o power editor https://www.facebook.com/ads/manage/powereditor

1– Certifique-se que você tenha uma conta de anúncios no Gerenciador de Negócios do Facebook.

2 – Entre em sua página e clique no menu de configurações.

3 – Depois clique no item Anúncios do Instagram no menu lateral esquerdo.

Anunciar no Instagram

4 – Vincule sua conta do Instagram.

Anunciar no Instagram

5 – Acesse o Power Editor. Você também pode acessa-lo escrevendo Power Editor no campo de busca do Facebook.

6 – Clique no botão localizado a esquerda chamado “Criar campanha”. Crie uma nova campanha com o tipo de compra Leilão e o objetivo cliques no site. Selecione a opção “Escolher um conjunto de anúncios” e clique em criar novo e coloque um nome para o novo conjunto.

Anunciar no Instagram

7 – Selecione seu novo conjunto de anúncios e clique em editar. Desça a página até achar a opção de posicionamento, onde você pode visualizar a opção de anunciar no Instagram, selecione ela. Nesta parte você também vai configurar o orçamento, programação e público para o seu anuncio.

Anunciar no Instagram

8 – Clique na seta ao lado do botão “Criar conjunto de anúncios” para abrir mais opções e depois selecione criar anúncio.

Anunciar no Instagram

9 – Coloque todas as informações necessárias para o seu anúncio, como a url, descrição, foto e o um botão para ser exibido.

Anunciar no Instagram

10 – Após realizar todos os passos e inserir as informações necessárias clique no botão verde “Carregar alterações”, que fica localizado no topo da página.

Anunciar no Instagram

Como eu disse anteriormente, não é um processo fácil anunciar no Instagram, mas sim é um pouco chatinho. E você está esperando que para começar a anunciar no Instagram seu site ou produto?

E para você gerenciar suas contas do Instagram e do Twitter, confira a dica que temos em nosso site sobre o Crowdfire.

Confira 3 sites para você começar aprender a programar de graça

Para pessoas como Mark Zuckerberg e Bill Gates, aprender a programar é sensacional e auxilia no desenvolvimento de capacidades cognitivas de crianças e até mesmo de adultos, estimula o aprendizado, ajuda na organização de ideias, objetivos e metas.

No vídeo abaixo podemos ver pessoas famosas como Chris Bosh, Jack Dorsey que falam sobre os benefícios de se aprender a programar.

 

E você? Está esperando o que para entrar na onda e começar a criar seus próprios programas? Acha que é muito difícil e intimidador? Bom se você assistiu ao vídeo deve ter prestado bem atenção na frase do Chris Bosh “ Programação é algo que pode ser aprendido, eu sei que pode ser intimidador, muitas coisas são intimidadoras, o que não é? ”.

Quando eu comecei a aprender a programar não existia tantos sites e ferramentas com conteúdos e recursos interativos que existe hoje permitindo um melhor aprendizado. E você, está esperando que para começar?

Neste artigo trago para você uma lista com review de alguns sites que encontrei no meio do caminho da minha jornada e que se existissem quando eu comecei realmente iriam fazer uma diferença enorme no meu aprendizado.

Vamos a lista!

Codecademy – é um site que disponibiliza conteúdo para o aprendizado de HTML, CSS, JavaScript, jQuery, PHP, Python e Ruby. O conteúdo do site é totalmente gratuito e o método de aprendizagem é interativo e divertido utilizando conceitos de gamificação dando aos alunos premiações ao fim das lições. Vale a pena acessar, você vai aprender de maneira fácil e divertida.Aprender a programar com Angry Birds

Code.org – é uma organização sem fins lucrativos que tem o objetivo de divulgar e ensinar programação. Que tal aprender lógica de programação com os personagens do famoso jogo Angry Birds? Ou com as princesas Anna e Elsa do filme Frozen? E lá no site você pode encontrar aulas ministradas por Bill Gates e Mark Zuckerberg. Os cursos disponíveis são para pessoas de todas as idades, tendo cursos para crianças a partir dos 4 anos de idade.

Scratch – projeto desenvolvido no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), ele permite e ensina você a programar historias interativas, jogos e animações. O intuito do projeto é auxiliar crianças e jovens a aprender e pensar de criativa e trabalhar de maneira colaborativa.

E por último eu deixo como dica um jogo que foi utilizado em minha primeira aula de lógica de programação que eu não posso deixar de mencionar aqui, pois creio que foi de grande utilidade para mim parar e pensar de maneira mais lógica e também que pode despertar esse pensamento lógico para quem está começando.

O nome do game é Travessia do rio, onde você possui oito personagens que precisam atravessar um rio em um barco, mas o jogo possui uma regra e elas são: somente os adultos podem conduzir o barco, a mãe não pode ficar sozinha com os filhos e o pai não pode ficar sozinho com as filhas, o preso não pode ficar sozinho com nenhum integrante da família, o barco só leva 2 pessoas por vez, você pode ir e vir com as pessoas quantas vezes precisar. E ai, que tal tenta? Acesse o jogo clicando aqui.

Bom, sei que existe outros sites que ensinam e auxiliam as pessoas no mundo da programação, mas com essas 3 dicas de site e o jogo tenho certeza que você consegue sair do zero e já começar a escrever o seu primeiro programa, então o que você está esperando para começar a aprender programação?

Enquete em tuítes, Twitter aposta em nova funcionalidade

Nessa sexta feira (25) o Twitter revelou um novo recurso de enquete em tuítes, a função encontra-se ainda em fase de testes. A nova funcionalidade permite oferecer opção de resposta para alguma pergunta dentro de um tuíte, mantendo ainda o valor máximo de 140 caracteres.

O recurso por enquanto encontra-se disponível para alguns funcionários e contas de usuários selecionadas.

Enquete em tuítes, nova aposta do Twitter

Qualquer usuário do Twitter vai conseguir responder as enquetes criadas, sejam eles seguidores ou não da conta que criou a pergunta. O recurso conta também com um tempo determinado para receber as respostas, mantendo assim um controle melhor sobre a enquete.

Ainda não foram divulgadas muitas informações sobre a nova funcionalidade, a equipe do Twitter confirmou por enquanto apenas os testes por meio de seus funcionários. A data para ser implementada ainda não foi informada.

Brotli, o novo algoritmo de compressão da Google

Para algumas pessoas, algoritmos de compressão pode parecer uma bobagem, mas para pesquisadores e empresas do Vale do Silício é um assunto muito sério, por exemplo para a Google a web é tudo – maior parte da receita da empresa vem através de anúncios em sites e no seu buscador – e tornar a web um lugar mais rápido para as pessoas navegarem acaba ajudando na receita da empresa – com isso a gigante da web lançou seu mais novo algoritmo de compressão sem perdas, o Brotli, que se encontra sob licença de código aberto. O Brotli vem com a promessa de tornar o carregamento das páginas web mais rápido, chegando a reduzir o tamanho dos arquivos entre 20% e 26% em comparação ao seu antecessor Zopfli.Brotli, o novo algoritmo de compressão da Google

“A página compactada permite uma melhor utilização de espaço e carregamento mais rápido”, escreveu Zoltan Szabadka, engenheiro de software na equipe de compressão do Google. “Esperamos que este formato seja apoiado por grandes navegadores no futuro próximo, uma compactação menor de tamanho daria benefícios adicionais para os usuários de dispositivos móveis, tais como baixas taxas de transferência de dados e redução do uso de bateria.”

O nome do algoritmo vem de uma palavra do dialeto suíço-alemão Brötli que em tradução livre significa “pão pequeno”.

Com a criação do Brotli, vemos que hoje em dia mesmo com faixas altas de velocidade de conexão, ainda devemos nos preocupar com o tamanho dos arquivos, pois a rede móvel esta ai e a cada dia crescendo de uma maneira absurda, por isso ter páginas que carreguem mais rápido é algo essencial para os dias de hoje .

Afinal, para ser designer, preciso saber desenhar?

Muitos profissionais e estudantes durante o seu trajeto atuando e estudando na área, já devem ter ouvido algumas vezes as seguintes frases “ahhh!! Mas você é um designer, desenha tal coisa ae…”, “mas como assim, você é designer e não desenha?”.  Afinal, para ser designer, preciso saber desenhar?

Antes de começarmos a falar sobre um designer saber desenhar ou não, vamos voltar um pouco lá atrás.

O que é design? O termo deriva do inglês, tendo em sua base o latim designare que segundo o dicionário significa designar, determinarpropor, indicar, simbolizar ou denotar. No século XVII, na Inglaterra, surgiu a expressão design como tradução para o termo italiano disegno, mas só passou a se caracterizar como uma atividade especifica de desenvolvimento de produtos após o progresso da revolução industrial.

Durante o 5º ENDI (Encontro Nacional de Desenhistas Industriais), que aconteceu em 1988 em Curitiba, foi adotado o termo design separando assim os técnicos (desenhistas) e os projetistas criadores (designers).

Dada a situação onde temos a divisão clara entre desenhistas e designers, podemos responder a seguinte pergunta “já que designer é um projetista criador, preciso saber desenhar?”. Bem, não necessariamente, pois como falamos antes design não é desenho e sim projeto. Mas o mundo também não é essa maravilha toda né? Realmente você não precisa saber desenhar, mas deve ter conhecimento de como um desenho é composto.

Para a criação de um projeto de design você vai precisar saber sobre forma, traço, luz e sombra, textura, enquadramento, composição, proporção e perspectiva. Pasme pequeno gafanhoto, sim, você precisa ter noção desses itens que fazem parte de um desenho para poder compor os seus projetos, pois se você consegue resolver boa parte da concepção do seu trabalho no papel na hora de ir para o software você vai economizar muito tempo. E eu acho que você não gostaria de apresentar um rascunho como o abaixo em uma reunião com o seu cliente né?

Preciso saber desenhar?

Saber fazer na mão o que você faz no digital é essencial, pois o que o computador faz é simular todos os aparatos técnicos que possuímos quando desenvolvemos um trabalho manual, então se tu não souber nem se quer fazer um rascunho do seu projeto no papel, quem dirá que consiga no digital.

Vamos desenhar um pouco mais e torna seus trabalhos cada vez mais incríveis? Seja você um estudante que está no início da carreira ou até mesmo um profissional que já trabalha na área e acha que desenho não faz parte da sua vida.

Atualmente no mundo web é possível encontrar diversos cursos para auxiliar quem precisa começar ou se aperfeiçoar em desenho. Um curso bem interessante que fiz recentemente pela internet e que recomendo é o Qualquer um pode desenhar, criado pelo Bruno Santana.

Gogóia – uma fonte gratuita tipicamente brasileira

Criada pelo designer brasileiro Alan de Sousa, a fonte gratuita é inspirada no tropicalismo brasileiro. Gogóia é uma fruta espinhosa conhecida também como melancia-da-praia, é encontrada em regiões litorâneas da costa Atlântica da América do Sul.

O fruto também é o nome de uma música de Gal Costa, confira abaixo.

 

A Gogóia typeface é uma fonte despojada e possui um charme único, a tipografia encontra-se disponível de forma gratuita, sobre a licença creative commnos e você pode utilizá-la em seus projetos pessoais e comerciais, na página do Behance de seu criador é possível encontrar o link para download.

typeface