Bloqueio de Pokémon GO e o silêncio da Niantic

bloqueio-pokemon-go-e-o-silencia-da-niantic (1)

Quem acompanhou a série Pokémon e não se imaginou vivendo sua própria jornada Pokémon? Difícil imaginar alguém que assistisse e não desejava ser dos mestres o melhor. E desde o anúncio de Pokémon GO no final de 2015 e com lançamento previsto para 2016 muitas pessoas ao redor do mundo passaram a acreditar que não faltava muito para que seus sonhos se tornassem realidade, pelo menos em realidade virtual.

Sair por aí na sua cidade e procurar Pokémon, batalhar e dominar ginásios é a premissa do game e todos estão ansiosos por isso. O início dos beta testes já foi uma grande expectativa em todo lugar e muitos se perguntavam se seu país seria escolhido para esse beta. Japão foi escolhido primeiro, o que não surpreende, em seguida Austrália, Nova Zelândia e por fim Estados Unidos.

A notícia de que o beta teste chegaria ao fim em 30 de Junho ajudou a aumentar a ansiedade geral, e com a conferência E3 confirmando a chegada do dispositivo Pokémon GO Plus para o final de Julho fez com que surgisse uma certeza de inicio mundial e simultâneo dia 1 de Julho. Ao final de Junho a expectativa chegou ao ápice e muita gente ficou de olho em suas app stores esperando um lançamento oficial, mas até então sem confirmação ou qualquer notícia da desenvolvedora Niantic ou de seus patrocinadores (Nintendo e Pokémon Company).

A Niantic costuma ficar longos períodos sem dar novas informações em seus canais de comunicação, tanto em relação de seu primeiro jogo, o Ingress, quanto à seu mais novo e já muito aguardado lançamento. A empresa também parece ter uma política de não responder à perguntas de seus seguidores em páginas do Facebook, Twitter e de nenhuma outra forma.

Isso com certeza elevou muito a sede por uma nova notícia oficial sobre o lançamento de Pokémon GO. Chegou dia 1 de Julho de 2016 e nada de lançamento, nem uma nova informação sobre data, ou qualquer outra coisa. A ultima postagem da página do Facebook da Niantic era de 16 de Junho, dia da conferência E3 sobre Pokémon GO. Em seu site oficial sua ultima atualização é, até o momento dessa matéria ser publicada, de 15 de Junho. É aí então que o público começa a se sentir abandonado pela empresa desenvolvedora e por seus patrocinadores, que tão pouco falaram sobre mais alguma coisa depois da conferência.

Então imagine agora que de repente chega uma mensagem para você que o jogo foi lançado oficialmente em algum lugar e que existe uma apk que possibilita baixar e começar a jogar. Agora imagine isso em uma escala global. Todos correndo para dar um jeito de baixar o game e começar a sua jornada, afinal “we gotta catch em all” e não podemos ficar para trás.

bloqueio-pokemon-go-e-o-silencia-da-niantic (2)É hora de ir!

Evidentemente que os servidores não estavam preparados para a quantidade de acessos que estavam ocorrendo e, em determinado momento, eles cairiam. Provavelmente percebendo o problema que essa massa de acessos causou e já tomaram providências, bloqueando todos fora da região inicial de lançamento. Claro que eles não baniriam toda essa gente do jogo, seria um grande erro diminuir uma grande porção de futuros jogadores e ainda mais que houveram casos de usuários que já tinham comprado moedas na lojinha do game. Então acredito que não precisam se preocupar com banimentos por utilizarem o apk. Mas acho que o que mais frustrou os fãs do game foi o silêncio da Niantic quanto ao lançamento apenas em determinados países, e quanto a total falta de informação no geral deixando o mundo todo no escuro. Eu mesmo levei muito tempo para abaixar a raiva que deu de não ter uma declaração oficial de quem quer que fosse, mas mais ainda por parte da desenvolvedora. Essa lacuna entre um post e outro somado ao distanciamento com os fãs faz com que a empresa perca credibilidade e cause irritabilidade. Um simples anúncio avisando que o jogo seria lançado aos poucos país por país já seria o suficiente para baixar os ânimos e dar certo conforto a quem espera já a bastante tempo.

Passei horas e mais horas procurando por alguma informação, alguém que pudesse explicar porque eles fizeram o lançamento dessa maneira. Até que em um vídeo aleatório do canal do Youtube Pokemon Go Gameplay encontrei um link bem útil, um tipo de fórum aonde havia um amontoado de informações sobre o app, o Reddit. Navegando pelo site encontrei um post que respondeu uma grande pergunta que tinha na minha mente. Por que eles só lançaram o jogo oficialmente em dois países? E a resposta foi a seguinte.

O método de lançamento que a Niantic utilizou é bem comum, ele nada mais é que um tipo de beta. Nos beta testes anteriores a desenvolvedora não podia testar sua loja dentro do game, afinal ainda era uma versão inacabada e não poderia cobrar de uma versão assim. Após o fim desse beta, todas as informações dos testers seria deletada então quem gastasse na loja seria lesado. Por isso há esse tipo de lançamento aos poucos chamado de “soft launch”. Dessa forma eles poderiam cobrar pelos itens na loja sempre problemas e testar o sistema de monetização no processo.

Pelo que o usuário diz no poste esse processo de soft launch pode levar entre 1 semana e 1 mês. Mas sabemos que pokemon GO plus já chega ao mercado no fim do mês, logo o jogo sairá em todo o mundo em menos tempo. Para alívio geral. Esse post foi esclarecedor e se quiser ler o texto completo, em inglês, é só clicar neste link.

Mais ou menos as zero horas do dia 7 de Julho a Niantic postou uma propaganda do game avisando que o jogo agora está liberado na Austrália, Nova Zelândia e agora também nos Estados Unidos. Mas até então já tinha acontecido uma enxurrada de postagens de fãs indignados com a falta de informação e de consideração com o público em geral por nunca responder a nenhum seguidor.

Acredito que essa política de não responder os usuários trás angústia e sentimento de abandono por seus seguidores, o que causou tanta irritabilidade com os acontecimentos desse lançamento. Deixarei aqui ao fim dessa matéria alguns posts feitos na página da Niantic que exemplificam bem o sentimento do público em geral.

 

bloqueio-pokemon-go-e-o-silencia-da-niantic (3)

“Por favor torne disponível em meu país” suplicou esse seguidor.

bloqueio-pokemon-go-e-o-silencia-da-niantic (4)

“As Filipinas estão bloqueadas em Pokemon GO? Por quê? Mas foi um grande sucesso…”

“E quando para o Chile?”

bloqueio-pokemon-go-e-o-silencia-da-niantic (5)

“Sou eu, de novo. Então como tenho visto, tem várias maneiras de

jogar Pokémon GO nos States. Apks, mudança de região, criar uma conta

PARA outra região. Tem americanos muito felizes jogando GO. Isso não

é bom. Quero dizer, não estou bravo por causa de pirataria ou outras cópias

dimencioais porque ninguém ninguém dá informação alguma como o que está

acontecendo, no entanto o que é ruim neste caso é o SILÊNCIO. Falta de

comunicação. Falar com sua comunidade, dizer a eles o que está acontecendo

pelo amor de Deus. Vocês não podem ter um jogo causando tanta ansiedade

e ter todos esses rumores circulando e não soltarem nenhuma declaração.

Vocês devem isso tudo a seus leais fãs tanto quanto aos de Pokémon.

Isso é mau negócio.” (Uma excelente colocação a deste seguidor)

 

 

E claro que houveram os memes para animar e ironizar um pouco o caso.

 

 

 

bloqueio-pokemon-go-e-o-silencia-da-niantic (6)

“Psiu, Niantic. O povo ta ficando bravo.”

bloqueio-pokemon-go-e-o-silencia-da-niantic (7)

“Quando Pokémon não está disponível nos EUA e quero sentir o gostinho”

bloqueio-pokemon-go-e-o-silencia-da-niantic (8)

“Pior. Lançamento. De todos.”

bloqueio-pokemon-go-e-o-silencia-da-niantic (9)

“Lista de lugares que tem Pokémon GO”

Any Malu – Primeira vlogger animada do Youtube

Any Malu 003

Muitos vídeos já fizeram história ao longo dos 10 anos que o youtube esta no ar. Alguns não são lembrados mas fazem parte importante de sua história como o primeiro vídeo publicado no site, que por curiosidade tem de dez segundos feito pelo cofundador do site Jawed Karim passeando por um zoológico e é intitulado “Me at the zoo”. Outros estão em nossas memórias como o clipe musical que bateu a histórica marca de 2 bilhões de vizualizações, do sul-coreano PSY o clipe se chama “Gangnam Style”.

Agora é a vez de um canal brasileiro fazer história no site de compartilhamento de vídeos, o canal se chama O (sur)real mundo de Any Malu e entrará para a história do youtube sendo a primeira animação periódica da história do youtube.

O canal e todas as animações são produzidas pela Combo Estúdio, um estúdio situado no Rio de Janeiro. Com um portfólio interessante e tendo trabalhado para clientes de peso como Universal e Disney podemos esperar grandes coisas desta animação.
Aparentemente teremos muitas referências de virais nacionais como mostra na imagem a seguir.

Any Malu 007

Com um estilo que lembra animações como “A vida e aventuras de Juniper Lee” do Cartoon Network ou “Jake Long — O Dragão Ocidental” da Disney, podemos esperar animações com um visual muito bonito e chamativo.

O canal já está no ar, mas sua estréia oficial será no dia 28 de Outubro as 20:00h. Enquanto isso esperamos pela estréia, podemos ver dois teasers da vlogueira animada, um deles com a participação especial do vloguer Felipe Castanhari do Canal Nostalgia.

 

 
Já podemos sentir um pouquinho do que vem por aí, agora só nos resta esperar para ver o estúdio brasileiro marcar história no youtube. Espero que este novo canal também incentive outros estúdios a produzirem mais conteúdo desse tipo por aqui em terras brasileiras. Poderá essa ser uma nova maneira de estúdios independentes conseguirem lançar animações? Novas oportunidades surgirão seguindo essa linha, basta a iniciativa provar ao público que ela pode dar certo, torcemos que sim e que venham muitas outras coisas boas como O (sur)real mundo de Any Malu.

Any Malu 001

Para acessar as redes sociais e o canal da Any Malu e da Combo Estúdio, basta clicar nos links abaixo.

Facebook da Any Malu

Canal do youtube O (sur)real mundo de Any Malu

Site da Combo Estúdio

Facebook da Combo Estúdio

Skina, o app de anúncios para você fechar negócio

app de anúncios

Quem nunca teve problemas em se livrar de algum produto que não usa mais sem ter que jogar realmente fora? Ou então comprar um produto mais barato, mesmo que usado mas em bom estado?

Me deparei com tal dilema há algumas semanas e resolvi dar uma procurada por aplicativos no google play. Acabei encontrando o Skina, um aplicativo simples, intuitivo e com uma boa nota dos usuários na loja do google. O aplicativo também esta disponível na App Store.

O serviço funciona basicamente da seguinte maneira, ao entrar no app você precisa habilitar a função de localização do celular, feito isso aparecerão produtos de pessoas próximas a você.

app de anúncios

Você também pode pesquisar produtos na barra de pesquisa no topo da tela ou definindo uma categoria de busca.

Encontrando algo que te interessa é só clicar na foto do produto, fazer uma proposta ou enviar uma mensagem para a pessoa.

Se o vendedor aceitar sua proposta, ou  se o valor acordado já foi estipulado, só é preciso definir um lugar para encontrar a pessoa e ir buscar o seu produto. A forma de pagamento é definida entre vendedor e comprador, transferência bancária, Paypal, ou pode pagar diretamente para ele quando se encontrarem.

Caso queira anunciar um produto, basta acessar o seu perfil, clicar no ícone da câmera para escolher entre tirar uma foto do produto ou escolher uma de sua galeria de fotos, preencha os campos com o nome e a descrição do produto, estipule um preço e defina uma categoria para este produto (esporte, filmes, livros, casa e jardim…), você pode compartilhar no facebook ou não, para finalizar e colocar seu produto a venda basta clicar em “vender agora” e pronto, seu produto estará a venda.

No seu perfil você também pode ver os seus anúncios, quais produtos já foram vendidos e visualizar produtos que você marcou como favorito em suas buscas.

app de anúncios

Nesse app consegui vender uma luminária que usava como iluminação para fotografar pequenos objetos. Havia acabado de comprar um kit de iluminação mais apropriado e decidi me desfazer da luminária. Não demorou muito para receber lances e para que recebesse uma mensagem de alguém interessado e disposto a pagar o valor que estipulei. Combinamos de nos encontrar em uma estação do metrô mais próxima. No dia combinado nos encontramos, mostrei o produto e respondi a algumas perguntas, fui pago e cada um seguiu feliz da vida por fechar um bom negócio.

Gostei bastante do aplicativo, o único problema que pude encontrar foi que sempre que enviava uma mensagem no chat ele saia automaticamente, me forçando a ter que entrar algumas vezes para visualizar a resposta e responder.

O Aplicativo pode ser encontrado logo abaixo.

App Store

Google Play